Sábado, 30 de Mayo de 2020

Ações contra crise já somam r$ 417,7 bilhões

BrasilO Globo, Brasil 29 de mayo de 2020

As medidas de combate ao coronavírus já chegam a R$ 417,7 bilhões em gastos do governo ou renúncia ...

As medidas de combate ao coronavírus já chegam a R$ 417,7 bilhões em gastos do governo ou renúncia de receitas ao longo de 2020, informou ontem o Ministério da Economia. Esses valores já foram anunciados e autorizados pelo governo, mas apenas parte foi efetivamente paga. Até agora, R$ 110 bilhões foram desembolsados, a maior parte referente ao auxílio emergencial.
Na conta divulgada, estão R$ 399,5 bilhões em gastos ao longo deste ano, e R$ 18,2 bilhões em receitas das quais o governo abriu mão. A maior parte dessas despesas se destina ao pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 a trabalhadores informais, somando R$ 123,9 bilhões em três meses.
Há ainda R$ 51,6 bilhões para o governo complementar parte da renda dos trabalhadores cujos salários foram reduzidos, além de R$ 60,2 bilhões do programa de socorro a estados e municípios.
A pasta avaliou ainda que o Orçamento começou a ser pressionado pela regra do teto de gastos. Um dos motivos foi o aumento dos pedidos de seguro-desemprego. Pela conta atual, o governo precisará cortar R$ 2 bilhões em despesas para não descumprir a norma que limita os gastos públicos à variação da inflação. (Manoel Ventura)