Martes, 02 de Marzo de 2021

Flamengo e ceni encaram escritas contra o são paulo

BrasilO Globo, Brasil 23 de febrero de 2021

O Flamengo tem a faca e o queijo na mão para conquistar o Campeonato Brasileiro pela oitava vez, ...

O Flamengo tem a faca e o queijo na mão para conquistar o Campeonato Brasileiro pela oitava vez, mas o adversário da 38ª rodada, na quinta-feira, é um dos piores possíveis. Uma vitória simples sobre o São Paulo, fora de casa, garante o título, mas empate ou derrota obrigam o Flamengo a torcer para que o Internacional não vença o Corinthians no Beira-Rio.
O São Paulo pode até estar atravessando um momento de instabilidade, mas o retrospecto recente transforma o clássico em freguesia. Para ser campeão, o rubro-negro e o técnico Rogério Ceni terão que quebrar escritas.
O último triunfo do Flamengo sobre o tricolor paulista no Morumbi aconteceu em 2011. Na ocasião, a partida marcou a reestreia de Luis Fabiano no São Paulo. O Flamengo sonhava com o título brasileiro (que acabaria com o Corinthians) e venceu por 2 a 1. Desde então, o rubro-negro amargou uma série de derrotas, goleadas e eliminações na capital paulista.
O retrospecto é de sete jogos no Morumbi, com três vitórias do São Paulo e quatro empates. O jogo mais recente foi a derrota por 3 a 0 pela Copa do Brasil desta temporada, que culminou na eliminação do Flamengo em um dos primeiros jogos de Rogério Ceni como técnico da equipe.
Na história do clássico, o rubro-negro disputou 31 partidas de Brasileiro no Morumbi, e só venceu cinco.
" O Morumbi faz parte da minha história. Eu tenho um respeito muito grande pelo São Paulo. Minha primeira parte da vida foi vivida lá. Agora estamos em uma nova fase e quero reescrever minha história pelo Flamengo. É um time que nos fez sofrer bastante este ano, tivemos derrotas doloridas para o São Paulo " disse Rogério Ceni.
O ex-goleiro e ídolo são-paulino tem também uma escrita pessoal para quebrar. Enquanto treinador, ele nunca derrotou o São Paulo. Ceni já enfrentou o ex-clube em sete oportunidades. Pelo Fortaleza, foram três derrotas e dois empates. Pelo Flamengo, duas derrotas.
No total, o aproveitamento inferior a 10%. Levando em consideração só as partidas no Morumbi, o desempenho de Ceni contra o São Paulo é ainda pior: 8,3%.