Domingo, 31 de Mayo de 2020

Governo do rio quer 50% do público em jogos do estadual em junho

BrasilO Globo, Brasil 31 de mayo de 2020

O Pacto Social pela Saúde e pela Economia do Estado do Rio de Janeiro, apresentado pela Secretaria ...

O Pacto Social pela Saúde e pela Economia do Estado do Rio de Janeiro, apresentado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais, prevê a reabertura de estádios de futebol com 50% de sua capacidade e distância mínima de dois metros entre os torcedores, ainda em meio à pandemia de Covid-19.
A informação foi publicada no documento que consta no site da própria Secretaria. Segundo informações, a ideia é implementar as medidas que se referem ao futebol ainda no mês de junho. O plano tem o consentimento do governador Wilson Witzel.
O cenário para o retorno dos jogos com público está previsto nos parâmetros categorizados através de cores de bandeiras " neste caso, a amarela. Ela prevê a retomada de competições esportivas, desde que se sigam as orientações de higiene, como utilização obrigatória de máscaras para clientes e funcionários; preferência por treinos e jogos em ambientes abertos; aplicação de testes nos profissionais no retorno aos treinos; aferição de temperatura de torcedores, jogadores, comissão técnica, árbitros, delegados, profissionais de imprensa e profissionais da administração dos estádios e arenas. Também será necessária a desinfecção de arquibancadas, sanitários, áreas comuns, antes de partidas, bem como vestiários e materiais esportivos antes e depois de treinos e partidas
Para isso acontecer, o outro critério é a capacidade hospitalar ofertada. No caso da bandeira amarela, a taxa de ocupação dos leitos de UTI deve estar entre 70% e 90%. As bandeiras vermelha, amarela e verde serão adotadas para comunicar à população e ao setor produtivo sobre as orientações que nortearão a abertura de serviços, assim como a circulação de pessoas. Na bandeira vermelha, as arenas esportivas devem voltar a ficar fechadas.
O Pacto Social estabelece bandeira vermelha para os casos em que a taxa de ocupação de leitos de UTI for superior a 90%. Já a bandeira verde remete a uma situação de normalização, que só se configurará quando houver taxa de ocupação de leitos de UTI inferior a 70% e evolução negativa de novos casos. Nesse caso o funcionamento dos estádios será permitido com recomendações de medidas de higiene e boas práticas.