Sábado, 20 de Julio de 2024

Saídas de pacheco e martins fazem vasco resetar estrutura do futebol

BrasilO Globo, Brasil 21 de junio de 2024

mais um recomeço

mais um recomeço
A demissão do técnico Álvaro Pacheco, desenhada após a derrota para o Juventude, na quarta-feira, foi questão de tempo no Vasco. Ontem, o agora ex-treinador português se reuniu com a diretoria e foi comunicado da saída. Em decorrência do movimento, o diretor executivo Pedro Martins pediu demissão e também deixará o cargo nos próximos dias. Foi uma quinta-feira que resume a realidade atual do presidente Pedrinho, que precisa remontar a espinha dorsal da SAF cruz-maltina.
Desde que assumiu o comando do futebol após o afastamento da 777 Partners na Justiça, Pedrinho perdeu representantes importantes da SAF, como o CEO Lucio Barbosa e a CFO Katia dos Santos, que pediram demissão. A decisão pela saída de Álvaro foi dele e de seus pares, mas Pedro Martins sai em decorrência de discordância pela demissão do treinador, contratado pelo clube já sob seu trabalho na função. Segundo o clube, ele participará do processo de transição para o novo executivo.
Pedro e Álvaro foram os últimos movimentos antes da troca de comando na SAF. O diretor executivo foi anunciado no dia 1º de maio e o técnico, no dia 21 " mas as negociações já vinham acontecendo há algum tempo. Uma decisão que foi mantida pela diretoria que vivia seus primeiros dias no comando. O afastamento da 777 aconteceu no dia 16.
Agora, a SAF vascaína tem um terreno praticamente zerado nas principais funções para ser reconstruído sob as decisões de Pedrinho e companhia. Na estrutura do futebol, ficou Felipe, recém-nomeado diretor técnico. Na terça-feira, quando a reforma de São Januário foi aprovada na Câmara, Pedrinho falou que tem feito esforço para estruturar a situação financeira.
" Como o movimento foi identificado de uma forma muito antecipada, já estamos estruturando há muito tempo uma operação financeira para honrar todos os compromissos e dar estabilidade. É o que estou fazendo. Identificado o problema, estamos honrando com os salários em dia, pagamos luvas atrasadas e vamos continuar até o final do ano. O que estou levando para o clube é estabilidade financeira e de gestão.
O presidente também encabeça a negociação pelo retorno de Philippe Coutinho, que, pelo menos logisticamente, não deve ser afetada pelas mudanças.
Demitido 30 dias depois de ser anunciado, o técnico Álvaro Pacheco é o segundo treinador com o menor tempo de trabalho no Vasco, ficando atrás apenas de Celso Roth, que permaneceu no clube cruz-maltino por 25 dias, em 2010. O técnico português superou nomes como Valdir Espinosa, Tita e Maurício Souza, além de tirar Lisca do top 5.
Álvaro foi anunciado no dia 21 de maio e apresentado dez dias depois. Ele ficou quatro partidas no comando da equipe carioca, com três derrotas (Flamengo, Palmeiras e Juventude) e um empate (Cruzeiro). Além dos quatro jogos sem vitória e com pouca evolução da equipe, ainda pesou contra Pacheco a goleada sofrida por 6 a 1 para o Flamengo.
Ramón díaz cotado
O Vasco levou dez gols e marcou apenas um no período em que Álvaro esteve no comando. Além disso, o clube sofreu um total de 74 finalizações nesses quatro jogos, um número que especifica a inoperância defensiva. Para piorar a situação, o cruz-maltino entrou na zona de rebaixamento ontem, no complemento da rodada.
Rafael Paiva, que comandou o Vasco interinamente entre a saída de Ramón Díaz e a chegada de Álvaro, volta ao comando da equipe. O próximo compromisso é uma complicada visita do São Paulo, em São Januário, amanhã, às 21h30.
Segundo o ge, Pedrinho quer agir rápido na substituição e uma volta de Ramón Díaz é cogitada. O Vasco e o treinador argentino ainda não se acertaram sobre a saída conturbada em abril, que envolve discordâncias das duas partes sobre ter havido ou não um pedido de demissão por parte da comissão técnica.
Auxiliar e filho de Ramón, Emiliano Díaz segue morando no Rio após a saída do Vasco. Em circunstâncias não relacionadas ao Vasco, Ramón também chegou à cidade.
O cruz-maltino tem duas vitórias, um empate e sete derrotas neste Brasileirão. O time está ainda nas oitavas de final da Copa do Brasil.
La Nación Argentina O Globo Brasil El Mercurio Chile
El Tiempo Colombia La Nación Costa Rica La Prensa Gráfica El Salvador
El Universal México El Comercio Perú El Nuevo Dia Puerto Rico
Listin Diario República
Dominicana
El País Uruguay El Nacional Venezuela