Lunes, 06 de Abril de 2020

Fernando pacheco aumenta briga por vaga no flu

BrasilO Globo, Brasil 6 de abril de 2020

A injeção de confiança com o bom segundo tempo diante do Flamengo não foi o único legado que a ...

A injeção de confiança com o bom segundo tempo diante do Flamengo não foi o único legado que a semifinal da Taça Guanabara deixou para o Fluminense. No primeiro jogo em que o peruano Fernando Pacheco pôde mostrar suas virtudes, Odair Hellmann ganhou uma boa opção para o ataque. A atuação aumentou a briga por posições.
No Fla-Flu, foram 46 minutos no qual o tricolor mudou de postura e passou a levar perigo. Principalmente pela direita.
" O jogador deve sempre entrar concentrado desde o início. Já vinha sentindo a partida no aquecimento. Tinha muita gana de começar. Não ocorreu. Mas no segundo tempo entrei de maneira tranquila e dei confiança à equipe " comentou.
O peruano deu velocidade ao time e se mostrou bom nos duelos um contra um. Participou das jogadas dos dois gols e levou a melhor sobre a dupla Filipe Luís e Léo Pereira. Mas, apesar do destaque, não poderá ser utilizado por Odair contra o Unión La Calera, na terça, no Chile, pela Sul-Americana. Ele não foi inscrito na primeira fase do torneio, assim como Wellington Silva. A vaga está em aberto.
Pedro cobra R$ 2 milhões
A relação entre Pedro e Fluminense, que já não era boa desde sua chegada ao Flamengo, só piora. Na última quarta, o jogador acionou o clube na Justiça Trabalhista. O jogador cobra R$ 2,2 milhões. A informação foi publicada pelo jornal "Lance".
A cobrança inclui férias proporcionais e verbas rescisórias. O processo inclui até mesmo a ruptura dos ligamentos do joelho sofrida em 2018 e que deixou o jogador oito meses fora dos campos. Uma audiência foi marcada para 24 de março. A ação foi distribuída para a 14ª Vara do Trabalho do Rio.