Miércoles, 08 de Abril de 2020

Coi monta força-tarefa para tóquio-2020

BrasilO Globo, Brasil 8 de abril de 2020

O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, anunciou ontem a criação de uma ...

O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, anunciou ontem a criação de uma força-tarefa para definir os rumos dos Jogos de Tóquio-2020, após o adiamento para 2021 em razão da pandemia do coronavírus. O esforço, batizado de "Aqui vamos nós" ("Here we go", em inglês), envolve o Comitê Organizador e o governo japonês e tem como primeira missão definir novas datas para o megaevento. A fim de chegar a um consenso, o COI conduzirá reuniões por videoconferência com todas as federações internacionais ainda nesta semana.
" Temos de analisar quais são as nossas opções e levar em consideração o calendário esportivo de todas para marcarmos a nova data " explicou Bach.
O adiamento da disputa também implicará em um gasto extra para os anfitriões: contratos serão renegociados; arenas precisarão de maior investimento em manutenção; e torcedores que eventualmente desistirem de ir aos Jogos deverão ser reembolsados, apenas para citar alguns dos desafios. O jornal japonês "Nikkei" estimou em até US$ 2,7 bilhões (cerca de R$ 13 bilhões) o "prejuízo".
" Vai ser um custo adicional para os japoneses. Mas o primeiro-ministro (Shinzo) Abe se comprometeu a fazer tudo o que for preciso " afirmou Bach.