Sábado, 30 de Mayo de 2020

Yaya touré vai de sonho do botafogo a objeto de campanha no vasco

BrasilO Globo, Brasil 29 de mayo de 2020

EXPECTATIVA que VIRou A CASACA

EXPECTATIVA que VIRou A CASACA
Mesmo tendo em mãos desde fevereiro uma proposta do Botafogo, o meio-campista Yaya Touré, de 37 anos, foi anunciado como parte integrante do projeto de um candidato à presidência do Vasco. Segundo Leven Siano, o marfinense vestirá a camisa cruz-maltina a partir de janeiro de 2021, caso haja vitória de sua chapa na eleição.
Para os alvinegros, o marfinense formaria dupla ideal com Honda. Até um vídeo de anúncio vazou. Mas, ontem, o jogador apareceu em outra produção, divulgada pelo candidato vascaíno.
" Quero agradecer a Leven por me convidar para esse projeto. E mal posso esperar para ver todos os fãs do Vasco em breve. Vai dar Vasco " disse.
Yaya Touré deixou o Manchester City em maio de 2018. Desde então, em quase dois anos entre Olympiacos, da Grécia, e Qingdao Huanghai, da China, jogou 19 partidas. Só 11 completas.
Desde o começo do mês, Levan Siano já fazia suspense, prometendo anunciar um nome para a eventual gestão. Após adiamentos e dicas, ele disse que se tratava de Yaya, mostrando um papel no qual supostamente estava a assinatura do jogador, dizendo que ele usará a camisa 42 do Vasco.
Touré mora em Londres, onde está baseada a Entourage Sports. A agência foi citada por Leven Siano como uma das parceiras no projeto. O empresário italiano Fabio Cordella, ligado à empresa, participou da operação envolvendo Touré.
" É um fato inédito no futebol. Do ponto de vista jurídico, é possível eu fazer um contrato em favor de terceiros, com condição suspensiva, que é o fato de eu vencer a eleição deste ano, para fazer uma contratação de impacto " explicou Leven.
A movimentação do candidato cruz-maltino surpreendeu a diretoria do Botafogo. Carlos Augusto Montenegro, membro do comitê gestor do futebol alvinegro, questionou o anúncio:
" O agente dele no Brasil e o agente dele na Inglaterra não tinham conhecimento e nem acreditam que tenha negociação com o Vasco. Como ele pode assinar um contrato com um cara que não ganhou eleição e ninguém sabe se vai ganhar?
A tacada de cunho eleitoral mostra que o pleito no Vasco se aquece apesar da pandemia. Outros dois candidatos já estão confirmados: o ex-vice de futebol Fred Lopes e o ex-presidente do Conselho Deliberativo Luis Manuel Fernandes.
" A abordagem deveria ser mais institucional, um projeto que não dependesse de resultado eleitoral. Além disso, sou contrário que sejam conduzidas ações de campanha durante a pandemia. Ele está desviando o foco " disse Fernandes, enquanto Fred afirmou não comentar promessas de outra chapa.