Viernes, 12 de Agosto de 2022

Livro dá voz a executivas e empreendedoras

BrasilO Globo, Brasil 6 de agosto de 2022

Angela Estellita Lins fez carreira como executiva em RH, inclusive internacionalmente. Tornou-se ...

Angela Estellita Lins fez carreira como executiva em RH, inclusive internacionalmente. Tornou-se empreendedora e, depois dos 60 anos, foi convidada para trabalhar no BNDES.
Esta e outras histórias sobre as conquistas e dificuldades de empreendedoras estão no livro "Mulheres que transformam", lançado esta semana pela editora Leader no selo Mulheres, criado pela CEO, Andréia Roma.
" Queríamos mulheres de todos os cantos, que dessem essa pluralidade do Brasil e que tivessem coragem de se despir e mostrar sua vulnerabilidade " diz Marisa Salgado, uma das coordenadoras do livro.
São 28 histórias de empreendedoras, médicas e executivas de várias partes do país e diferentes faixas etárias e fases de carreira. Marisa cita ainda Rafaela Danzi, CEO da empresa de treinamento The True Bee:
" Loura, executiva, no viés inconsciente se pensa que já nasceu rica ou que sua carreira foi fácil. Ela começou a trabalhar como vendedora em Salvador e tinha um problema de pele. As clientes não queriam ser atendidas por ela, que acabou demitida.
A própria Marisa tem uma história que poderia estar no livro. Nascida em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, com mãe costureira e pai pedreiro. Graças aos estudos, chegou a cargos executivos em RH. Na Fast Shop até 2021, este ano foi para a startup de educação feminina Todas Group:
" A narrativa quem escolhe é a gente, independentemente de onde viemos.