Viernes, 07 de Octubre de 2022

Como serão os 100 dias da seleção até o início da copa no catar

BrasilO Globo, Brasil 12 de agosto de 2022

olhos bem abertos

olhos bem abertos
A exatos 100 dias para o início da Copa do Mundo, a seleção brasileira inicia a partir de agora uma das últimas etapas de observação de possíveis convocados e também de adversários do Brasil no Mundial. A Fifa anunciou ontem a antecipação da abertura da competição de 21 para 20 de novembro, com o jogo Catar x Equador.
A intenção de Tite e sua comissão técnica é encurtar a lista inicial de 55 nomes, que precisa ser enviada para a Fifa até 21 de outubro, para 35 ou 33 jogadores. A convocação final ocorrerá na semana entre os dias 7 e 10 de novembro e deve ter 26 atletas.
Até lá, a observação que teve foco recente nos clubes brasileiros, sobretudo Flamengo, Palmeiras e Atlético-MG, voltará atenções para a Europa a partir do dia 20 deste mês, com avaliações por uma semana em Espanha, Itália e Portugal. O auxiliar Matheus Bachi e o preparador físico Fábio Mahseredijian assistirão à volta de Matheus Cunha ao Atlético de Madrid no jogo com o Villareal, dia 21. Em seguida, vão a Portugal avaliar o zagueiro Lucas Veríssimo, no Benfica, além de Bremer e Ibañez no clássico italiano Juventus x Roma.
A partir daí, Tite convocará entre os dias 2 e 9 de setembro o grupo para os amistosos do fim do próximo mês, contra Tunísia e provavelmente Argélia, entre 19 e 27 de setembro.
" A ideia é, depois dessa data Fifa, com a comissão já na Europa, ver jogos da Champions na semana seguinte. A partir dessa observação, a lista de 50 jogadores cai para 35, 33, e a gente vai afunilando " explicou ao GLOBO o coordenador de seleções, Juninho Paulista.
Enquanto isso, os observadores externos da CBF, Ricardo Gomes e Marcinho, acompanhados de analistas, estarão atentos aos adversários do Brasil na primeira fase da Copa " Sérvia, Suíça e Camarões " e também em um possível mata-mata do torneio do Catar. Em outubro está prevista uma última janela de acompanhamento na Europa. Há intenção de encaixar uma viagem ao México para observar Daniel Alves, que está no Pumas.
treinos em Turim
A indefinição sobre a remarcação do jogo contra a Argentina pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, que foi cancelado pela Fifa, atrapalhou a CBF a organizar a programação de setembro e os amistosos. Mas a agenda da seleção nos dias que antecedem o torneio já está definida, com chegada em Turim, na Itália, para treinos no CT da Juventus no dia 13 de novembro, antes da ida para Doha no dia 19. A estreia na Copa é dia 24, contra a Sérvia.
A comissão técnica de Tite intensificou a presença em estádios nos últimos 50 dias, depois dos últimos amistosos " vitórias sobre Coreia do Sul (5 a 1) e Japão (1 a 0), em junho. Nesse período, o time mais observado foi o Flamengo, assistido por profissionais da seleção em ao menos seis oportunidades, segundo dados de agenda divulgados pela CBF.
Tite assistiu ao rubro-negro em dois desses compromissos: o empate sem gols contra o Athletico, pela Copa do Brasil, em 27 de julho, e a vitória por 2 a 0 sobre o Corinthians, na semana seguinte, pela Libertadores. Se no primeiro a estratégia defensiva de Luiz Felipe Scolari segurou o Fla, no jogo em São Paulo o treinador viu o setor ofensivo funcionar, com direito a gol de Gabigol, que não entra em campo pela seleção desde janeiro.
Além de Gabigol, Everton Ribeiro (último do Fla a jogar com Tite, em fevereiro) ainda tem esperanças de ser convocado. Mas a maior expectativa recai sobre Pedro, artilheiro da Libertadores, com oito gols.
Na última terça, quem viu Pedro balançar as redes na Libertadores foram os auxiliares Matheus Bachi e Cléber Xavier, que estavam no Maracanã. A divisão da comissão para acompanhar o maior número de partidas possíveis, aliás, é uma característica do trabalho atual. Esta semana, por exemplo, enquanto Cleber e Matheus estavam no Rio, Tite e César Sampaio viram a classificação do Palmeiras diante do Atlético-MG, na Libertadores.
" Esses clubes têm jogadores convocados constantemente, o que concentra mais para assistir aos jogos para acompanhamento" explica Juninho.