Martes, 06 de Diciembre de 2022

Mulher alérgica a nozes tem reação na vagina após fazer sexo com marido que havia consumido o alimento

BrasilO Globo, Brasil 25 de noviembre de 2022

Agência O Globo -
Uma mulher de Delaware, nos Estados Unidos, que estava tentando engravidar sofreu uma reação alérgica após sexo desprotegido com o seu companheiro

Agência O Globo -
Uma mulher de Delaware, nos Estados Unidos, que estava tentando engravidar sofreu uma reação alérgica após sexo desprotegido com o seu companheiro. O caso foi publicado na revista médica Annals of Allergy, Asthma & Immunology, onde os médicos relatam que a paciente se queixava de queimação intensa em sua genitália, e a partir das investigações de especialistas nos dois parceiros, que não quiseram se identificar, foi constatado que pequenos vestígios de nozes no sêmen do jovem desencadearam a reação rara em sua parceira.
A mulher relatou que só teve esse caso de vaginite - que pode causar coceira, secreção e dor durante o sexo - quando o sexo foi desprotegido, antes, quando usavam camisinha, nunca teve esse tio de problema. Os médicos realizaram testes para descobrir a real causa dos sintomas e não encontraram nenhum sinal de infecção, levando os especialistas a explorar se ela poderia ter uma reação alérgica rara ao sêmen. Eles sugeriram que seu parceiro cortasse todos os tipos de nozes de sua dieta e verificasse se o problema continuava. Também observaram que a mulher era alérgica a amendoim e nozes - um grupo que inclui amêndoas, castanha do Pará, castanha de caju, avelãs, nozes, pistache, nozes e macadâmias. Os cortes na dieta funcionaram, a mulher não relatou mais complicações em sua vida sexual.
Um outro caso aconteceu com a australiana Lucy Banks,  que revelou em abril que um encontro com um homem que havia comido amendoim a deixou em agonia. Sabendo que é alérgica ao alimento e, como qualquer outra pessoa com a condição, limita sua exposição a eles. Mas, isso não a impediu de sofrer uma reação alérgica inesperada na vagina depois que seu parceiro comeu amendoim no início do dia.
"Ele tinha comido amendoim mais cedo naquele dia, e isso foi transferido para mim. Eu não sabia na época que isso era possível. Eu nunca tinha ouvido falar de alérgenos alimentares transmitindo e afetando negativamente os parceiros através da ejaculação antes", disse ela.
Um dos poucos outros casos documentados foi detalhado em um relatório de caso médico semelhante no Reino Unido em 2007. Médicos de Surrey, na Inglaterra, relataram que uma mulher de 20 anos com uma reação alérgica grave conhecida à castanha-do-pará sofreu algo parecido ao ser exposta ao esperma de seu namorado. Essa reação ocorreu três horas depois que ele comeu entre quatro e cinco nozes e apesar de tomar precauções como escovar os dentes e limpar as mãos antes do sexo.
Mas a mulher sofreu uma "coceira significativa e inchaço na vagina e vulva e sentiu-se fraca mesmo quando sentada" depois que o casal não usou preservativo durante o sexo. Os médicos inicialmente acharam que era uma reação alérgica grave a nozes, depois de um beijo ou contato pele a pele.
Mas depois de saberem as precauções que o casal tomou, os pesquisadores duvidaram que as proteínas da noz tivessem sido transmitidas pelo suor ou saliva, porque a reação alérgica teria começado mais cedo e teria sido desencadeada em outros casais. Para ter certeza do diagnóstico, os especialistas testaram duas amostras de sêmen do homem - uma antes e outra quatro horas depois de comer a castanha-do-pará. A mulher também passou por testes, sendo exposta ao sêmen para ser analisada se havia reação.
As suspeitas dos pesquisadores se confirmaram, a pele da jovem inchou no local onde a amostra de sêmen foi coletada após o consumo de nozes. Ainda não se sabe ao certo sobre como as alergias são transferidas da digestão para o sêmen e, como se tornam um potencial estímulo  a uma reação alérgica devido aos poucos incidentes registrados.
Outra questão que ainda não está clara é a quantidade de nozes ou amendoim que precisam ser ingeridas para que o alergênico seja transferido para o semem e quanto tempo isso dura depois de comer. Também não está claro se reações semelhantes podem ocorrer em outras alergias alimentares, como frutos do mar.
Não há recomendações sobre como evitar uma reação alérgica a nozes do sêmen, pois esses casos são tão raros que não existem dados suficientes para investigação.