Viernes, 03 de Febrero de 2023

‘Brasil precisa de soluções em educação empreendedora’

BrasilO Globo, Brasil 6 de diciembre de 2022

Entrevista

Entrevista
Tida como uma das principais estudiosas do empreendedorismo no mundo, a indiana Saras Sarasvathy, professora da Darden School of Business da Universidade da Virginia, nos Estados Unidos, vem pela primeira vez ao Rio de Janeiro para participar do "Effectuation in Rio", encontro voltado para discutir o empreendedorismo que acontece até quinta-feira, organizado por Coppe/UFRJ e Faperj.
O que um pequeno empresário deve ter em mente para abrir um negócio?
A coisa mais importante ao empreender é aprender e saber como criar com os outros, "cocriar". Um dos problemas aqui é um mal-entendido de como a confiança e a cooperação funcionam. A dica para empreendedores no Brasil é: não faça isso sozinho. Às vezes, tanto a cultura quanto a educação podem reforçar uma divisão profunda entre o esforço competitivo individual e a ação coletiva, impedindo a criação de novas redes de confiança. Parte dessa confusão vem da falta de boas instituições que estimulem a confiança.
Qual é o desafio no empreendedorismo no Brasil? Quais áreas têm potencial?
Há uma necessidade no Brasil de desenvolver soluções em educação empreendedora combinada com habilidades técnicas. Se eu fosse um empreendedor no Brasil, construiria edtech que ensina teched.
O empreendedorismo social enfrenta mais desafios aqui?
O empreendedorismo social enfrenta o desafio de mudar e remodelar o próprio ambiente sociopolítico, para reduzir pobreza, desigualdade, analfabetismo, o que pode torná-lo muito desafiador. Mas os desafios são também oportunidades. O Brasil oferece uma incrível variedade de pessoas criativas e atenciosas que podem fazer diferença real.
Saras Sarasvathy, pesquisadora