Viernes, 21 de Junio de 2024

Mp investiga prefeito que defendeu castração de meninas

BrasilO Globo, Brasil 19 de septiembre de 2023

O Ministério Público do Rio (MPRJ) está investigando a declaração do prefeito de Barra do ...

O Ministério Público do Rio (MPRJ) está investigando a declaração do prefeito de Barra do Piraí, no Médio Paraíba, Mário Esteves, que defendeu a castração de meninas no município. A 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva instaurou uma notícia de fato para apurar possíveis excessos cometidos pelo político e avaliar eventual responsabilidade, inclusive se houve improbidade administrativa. O partido Solidariedade comunicou a expulsão de Esteves de seus quadros.
"O que não falta em Barra do Piraí é criança. Cadê o Dione (secretário de Saúde)? Tem que começar a castrar essas meninas. Controlar essa população. É muito filho, cara. É no máximo dois. Tem que fazer uma lei lá na Câmara. Haja creche para ser construída ao longo dos próximos anos. Tem que ter um projeto federal, estadual e municipal, porque precisa, sim, desse controle. É muita responsabilidade colocar filho no mundo", disse o prefeito na última quinta-feira durante a inauguração de uma estrada.
O discurso foi compartilhado nas redes sociais, e desde então o prefeito tem sido alvo de críticas. Em nota, a prefeitura afirma que Esteves "entende que a laqueadura seja um dos procedimentos para o incremento do planejamento familiar, assim como a vasectomia". Acrescentou que o prefeito "jamais teve a intenção de promover qualquer tipo de prática danosa ou preconceituosa às mulheres".
No procedimento, o MPRJ estabeleceu o prazo de dez dias úteis para o prefeito prestar esclarecimentos. Deverão ser comprovadas as medidas de controle populacional que foram efetivamente implantadas durante esse governo, especialmente a quantidade de laqueaduras e vasectomias, os critérios para aprovação dessas cirurgias, bem como a distribuição de preservativos e outros métodos contraceptivos.
Em agosto de 2022, ao fazer um balanço do seu último mandato à frente de Barra do Piraí, Esteves disse que prioriza a vida das pessoas e destacou a causa animal, que colocou o município, segundo ele, como "inspiração para o Brasil, com o primeiro caminhão itinerante de castração, adaptado como uma espécie de hospital móvel, além de mais três unidades fixas de castração " num município com cem mil habitantes".
La Nación Argentina O Globo Brasil El Mercurio Chile
El Tiempo Colombia La Nación Costa Rica La Prensa Gráfica El Salvador
El Universal México El Comercio Perú El Nuevo Dia Puerto Rico
Listin Diario República
Dominicana
El País Uruguay El Nacional Venezuela