Jueves, 14 de Noviembre de 2019

‘ e eu que pensava que era só a minha geração’

BrasilO Globo, Brasil 14 de noviembre de 2019

A relação entre os jovens e as novas tecnologias é "só love", certo? Mais ou menos. Segundo ...

A relação entre os jovens e as novas tecnologias é "só love", certo? Mais ou menos. Segundo pesquisa do Índice de Confiança do Consumidor (ICC), da FGV, nada menos que 41% dos jovens revelam que a tecnologia gera tristeza, ansiedade ou depressão. "Os jovens estão cada vez mais nervosos com a possibilidade de perder alguma coisa que está acontecendo no mundo ou no seu ciclo mais próximo de amizades. Todos ficam querendo consultar o celular muitas vezes por dia " diz o professor André Miceli, organizador da pesquisa. Segundo ele, para preservar a saúde mental, 64% dos jovens ouvidos deram uma pausa nas redes sociais, enquanto 34% as abandonaram por completo. "Só que eles acabam voltando por causa do sentimento de aumento do convívio social." E mais: a pesquisa detectou que as meninas estão cada vez mais preocupadas com a sua privacidade, principalmente com medo de expor fotos. Entre os meninos, 85% já relataram sofrer algum tipo de ameaça em ambientes digitais.
Ana Cláudia Guimarães